Timidez na adolescência: quando isso pode se tornar um problema?

By 28 de novembro de 2018Destaque

Existem adolescentes tímidos. Muitas vezes são pessoas que possuem poucos amigos, costumam ser mais reservadas e não há nada de errado em ser assim. Afinal, não é necessário que todos sejamos igualmente extrovertidos. O problema é quando a timidez na adolescência se torna um fator que impede a construção de amizades e também gera fobia social.

A questão é identificar quando isso se torna um problema. Muitos pais acabam, por exemplo, achando que ser uma pessoa tímida é um problema e outros achando que a extrema timidez seja algo da personalidade. A linha que separa os dois – personalidade e problema – é complicada de ser observada. Por isso, neste texto, decidimos falar mais sobre o assunto.

Como identificar quando a timidez na adolescência é um problema?

A fase da descoberta do problema exige da família muita discrição e também paciência para entender os sinais dos adolescentes. Por isso, não julgar o comportamento dos filhos é algo fundamental. Diante disso, vamos aos sinais que podem indicar que a timidez é um problema.

Autoestima baixa

Um sinal que indica timidez como um problema é quando o adolescente tem baixa autoestima. Ele nunca consegue fazer um elogio a si mesmo. Ao contrário, está sempre se criticando duramente ou se comparando com os outros. Também não consegue aceitar elogios, pois não se sente merecedor.

Sensação de ser observado

Geralmente, pessoas tímidas tendem a sentir que são observadas e julgadas o tempo todo. O problema é quando isso começa a se tornar algo mais intenso e faz com que a pessoa não queira, por exemplo, sair para festas, colégio ou ter amigos.

Fobia social

Outro sinal de alerta é quando a timidez faz com que o adolescente não consiga ter amizades, não tenha vontade de ir ao colégio e passe muito tempo sozinho. Isso pode indicar que a timidez está levando ele para um quadro de fobia social, no qual manter relações sociais é algo que o assusta ou deixa desconfortável.

Afinal, como os pais podem ajudar a lidar com o problema?

A família é um alicerce fundamental para ajudar o adolescente a vencer o problema. O primeiro passo, como mencionado, é não julgar. O julgamento pode afastar a criança ou adolescente e, com isso, será ainda mais difícil oferecer ajuda. Também é importante não compará-lo com os outros, já que isso impactará em sua autoestima. Confira algumas dicas de como agir!

Demonstre apoio

O adolescente precisa sentir que pode confiar em sua família para que se sinta à vontade para falar sobre suas emoções. Por isso, os familiares não devem  pressionar uma conversa. Eles devem apenas demonstrar que estão disponíveis e abertos para entender o que o adolescente está sentindo.

Incentive atividades

Teatro ou esportes são ótimos para lidar com a timidez. Isso porque são atividades que trabalham a confiança e a interação social. Dessa forma, se possível, incentive o adolescente a procurar uma atividade que realmente o faça feliz.

Procure ajuda profissional

Quando as dicas acima não resolvem o problema, o mais indicado é procurar a ajuda de um psicólogo. O profissional trabalhará com mecanismos importantes e que ajudarão o adolescente a entender e aprender a lidar com a timidez.  

Por  fim, a timidez na adolescência pede presença. Pede a atenção dos pais, familiares e amigos como demonstração de carinho. Isso será a base para o caminho da melhora emocional. Agora que você já sabe disso, que tal se inteirar de outros assuntos da adolescência? Siga nosso Facebook e Instagram.

Leave a Reply