Empoderamento Feminino em Pauta

By 9 de maio de 20182018, Fundamental, Médio, Primeira Linha

Por aqui sempre houve abertura para discussões de temas relacionados à igualdade entre os gêneros. Mas o gancho forte, vindo da sociedade e de movimentos feministas tem influenciado e ganhado muitos adeptos no ambiente escolar. Mais do que nunca, falar sobre empoderamento está na moda. Cada vez mais, estudantes apresentam propostas que colaboram para a conscientização e alerta em diversos aspectos.

 

E foi assim, com sugestões trazidas por elas, que transformamos a sala de dança em um ambiente acolhedor e sem críticas. Neste espaço, formamos uma enorme roda que acolheu mulheres do 8º ao 3º ano do ensino médio. “Ali discutimos a importância de recebermos o feminismo na escola, enquanto pauta de debate e ferramenta de quebra de paradigmas”, conta Paula Cintra, orientadora educacional.

Entre diversos temas, foram abordadas situações de machismo recorrentes, de sororidade e de relacionamentos abusivos, especialmente aqueles que acontecem entre amigas.

Veja o álbum de fotos

COMPARTILHE:  

“A demanda do encontro partiu de

um grupo de estudantes que

percebeu como algumas mulheres se

relacionavam entre si com xingamentos e humilhações”.

Paula Cintra – Orientadora Educacional

A conversa fluiu naturalmente e à medida que os depoimentos aconteciam, as garotas puderam perceber que situações de constrangimento e violência não são fatos isolados.

“Tive uma mistura de sensações: ao mesmo
tempo em que estava feliz por ter essa abertura,
me senti triste por perceber que a maioria
dos assuntos eram comuns a todas nós”.
Ivanna Santana, 2º médio.

 

As rodas de conversa fazem parte do trabalho pedagógico do Certus e acontecem semanalmente nas turmas a partir da educação infantil.

“É bom saber que a escola está aberta a este diálogo
e possui porta-vozes que falam a nossa língua, sem julgamentos.
Espero que outros encontros sobre diversos temas aconteçam”.
Marina Gonçalves, 3º médio. 

Oportunizar este bate-papo trouxe diversos benefícios pedagógicos e sociais, mais o principal deles foi a aproximação entre as estudantes. Perceber-se no lugar do outro pode ser uma ferramenta valiosa para transformar e fortalecer vínculos.

“Foi uma oportunidade incrível onde pudemos conversar e trocar experiências. Sobretudo, um momento de nos unirmos e nos ajudarmos”, lembra Gabrielle Plácido, 2º médio.

“Precisamos nos apoiar mais. Por meio de

encontros como este, percebemos o quanto

somos fortes, lindas e inteligentes. Aquele lindo brilho

de mulher corajosa está dentro de nós,

apenas devemos acreditar nele”.

Bianca Muniz, 2º médio. 

 

Venha conhecer o Certus! 

Vamos conversar?Vamos conversar?

 

Leave a Reply