Category

Balaio de Leitura

Fundamental I assiste encenação de Dom Quixote de Miguel de Cervantes no Circo di Napoli pelo projeto Balaio de Leitura Itinerante montado pelo Tecer grupo de Teatro do colégio Certus

ENCANTO | DOM QUIXOTE É ENCENADO PARA O FUNDAMENTAL I

By | 2017, Balaio de Leitura, Primeira Linha, TECER | No Comments

Obra de Miguel de Cervantes foi adaptada para o Balaio de Leitura Itinerante pelo grupo TECER.

Fundamental I assiste encenação de Dom Quixote de Miguel de Cervantes no Circo di Napoli pelo projeto Balaio de Leitura Itinerante montado pelo Tecer grupo de Teatro do colégio Certus

A encenação teve um encantamento extra. Os alunos puderam assistir a apresentação no picadeiro do Circo di Napoli, que através de parceria com o Certus, cedeu o espaço gentilmente.

Projeto do Certus para difundir a literatura, o balaio de leitura é um momento de encantamento com os paradidáticos do ano.  Na apresentação, as crianças dos 1ºs anos aos 5ºs anos do Fundamental I puderam prestigiar um trecho da obra as aventuras do personagem Dom Quixote.

Fundamental I assiste encenação de Dom Quixote de Miguel de Cervantes no Circo di Napoli pelo projeto Balaio de Leitura Itinerante montado pelo Tecer grupo de Teatro do colégio CertusCOMPARTILHE:  

Dom Quixote de la Mancha ou Don Quijote de la Mancha, em castelhano, foi escrito em 1605 pelo espanhol Miguel de Cervantes (1547-1616). Composto por 126 capítulos, divididos em duas partes: a primeira surgida, em 1605 e a segunda, em 1615, a obra foi lançada em um período de inovação e diversidade dos escritores ficcionistas espanhóis. A trama é uma paródia aos romances de cavalaria.

Fundamental I assiste encenação de Dom Quixote de Miguel de Cervantes no Circo di Napoli pelo projeto Balaio de Leitura Itinerante montado pelo Tecer grupo de Teatro do colégio CertusFundamental I assiste encenação de Dom Quixote de Miguel de Cervantes no Circo di Napoli pelo projeto Balaio de Leitura Itinerante montado pelo Tecer grupo de Teatro do colégio CertusCOMPARTILHE:  

O grupo TECER encenou a obra buscando colocar um tom cômico na interpretação com elementos do clown. A montagem teve adaptação e direção do aluno do 3º A1 Médio, responsável pelo Balaio de Leitura Itinerante, com supervisão de criação e direção Geral do professor de Teatro Márcio David; ambos também trabalham no departamento de Marketing do Certus.

COMPARTILHE:  

Fundamental I assiste encenação de Dom Quixote de Miguel de Cervantes no Circo di Napoli pelo projeto Balaio de Leitura Itinerante montado pelo Tecer grupo de Teatro do colégio Certus

Ficha Técnica:

Elenco: Gustavo Oliveira (Dom Quixote), Amanda Beatriz Nunes de Melo (Criada), Pedro Morlello Calipo (Sancho Pança), Luiz Fernando Araújo (Padre) e Taynara Rocha (Narradora).
Supervisão de criação e direção geral: Márcio David
Coordenação Balaio de Leitura: Professora Patrícia Salgado


Saiba mais sobre Dom Quixote:

Fonte: Grandes Livros por Percy Reflexão.

Conheça outras adaptações do Balaio de Leitura Itinerante no canal do Youtube do Certus.
Veja o álbum de fotos

Da esquerda para direita: Pedro Calipo (Sancho Pança), Taynara Rocha (Narradora), Victor Freitas (diretor responsável pelo Balaio de Leitura Itinerante), Márcio David (diretor geral e supervisor de criação), Amanda Nunes (Criada), Gustavo Oliveira (Dom Quixote) e Luiz Fernando Araújo (Padre).

 

 

 

 

 

TAGs: #BalaioeLeituraItinerante #Tecer #Fundamental #aprenderaconhecer #nóssomosunesco #Nóssomosasas #Euvivocertus #Nóssomosassim #ColégioInterlagos #EscolaInterlagos #EscolaCidadeDutra #ColégioCidadeDutra

Read More

Simulado de júri de literatura propõe aos alunos do ensino médio do Certus exercitara argumentação, retórica e organização de ideias para desenvolver as habilidades de comunicação escrita e oral da língua portuguesa ao defender autores do Realismo-Naturalismo brasileiro ou português e da geração modernista

ARGUMENTAR | SIMULADO DE LITERATURA

By | 2017, Balaio de Leitura, Destaque, Médio | No Comments

A paixão pela literatura é uma relação que deve ser cultivada constantemente e como estabelecer esse elo é um desafio.

Simulado de júri de literatura propõe aos alunos do ensino médio do Certus exercitara argumentação, retórica e organização de ideias para desenvolver as habilidades de comunicação escrita e oral da língua portuguesa ao defender autores do Realismo-Naturalismo brasileiro ou português e da geração modernistaConsciente do seu legado, a professora de literatura Patrícia Salgado, responsável pelo projeto Balaio de Leitura empreende há dois anos o Júri Simulado de Literatura.

O projeto propõe que alunos do médio formem grupos com a missão de defender um autor.

Simulado de júri de literatura propõe aos alunos do ensino médio do Certus exercitara argumentação, retórica e organização de ideias para desenvolver as habilidades de comunicação escrita e oral da língua portuguesa ao defender autores do Realismo-Naturalismo brasileiro ou português e da geração modernista

Todos investigam
profundamente
o tema tratado

Fernanda Ribeiro Paiva – 3º médio A1

Cada equipe faz uma ampla pesquisa histórica do autor-cliente e se prepara para a defesa que acontece com a presença de advogados de acusação, defesa, juiz, réus e jurados, como um julgamento real. Os segundos anos ficaram com os autores do Realismo-Naturalismo brasileiro ou português (Eça de Queiroz, Raul Pompéia, Machado de Assis e Aluísio de Azevedo), enquanto os terceiros anos trabalharam com os representantes da segunda geração modernista como Jorge Amado, Rachel de Queiroz, José Lins do Rêgo, Érico Veríssimo e Graciliano Ramos.

Simulado de júri de literatura propõe aos alunos do ensino médio do Certus exercitara argumentação, retórica e organização de ideias para desenvolver as habilidades de comunicação escrita e oral da língua portuguesa ao defender autores do Realismo-Naturalismo brasileiro ou português e da geração modernista

“É uma importante oportunidade para aprofundar os conhecimentos dos conteúdos discutidos em sala”, pontua a aluna Isabella Barreiro Pereira, do 2º A2. Inspirar alunos a se interessarem pela leitura de grandes obras clássicas do acervo nacional é sempre uma questão para o professor. Mas pode ser um processo prazeroso para ambos quando se recorre a estratégias inovadoras. 

Aprender a fazer - pilar da unesco vivenciado nas práticas pedagógicas do Certus Aprender a transformar - pilar da unesco vivenciado nas práticas pedagógicas do Certus

A iniciativa possibilita o exercício da argumentação, a retórica, organização de ideias, além do trabalho em equipe com aplicação e aceitação de regras. Realizado desde 2016, o objetivo principal é desenvolver as habilidades de comunicação escrita e oral em língua portuguesa dentro de uma situação problema. Fernanda Ribeiro Paiva, do 3º A1 fica muito feliz em ver como os colegas se envolvem com o trabalho: “Todos investigam profundamente o tema tratado”.

É mais do que uma prova
em termos de conhecimento adquirido,
pois os alunos podem se aprofundar nos conteúdos
e a experiência, sem dúvida, fica marcada
como um momento especial de aprendizagem

Professora Patrícia Salgado

Simulado de júri de literatura propõe aos alunos do ensino médio do Certus exercitara argumentação, retórica e organização de ideias para desenvolver as habilidades de comunicação escrita e oral da língua portuguesa ao defender autores do Realismo-Naturalismo brasileiro ou português e da geração modernistaComo material a turma tem disponível o conteúdo do projeto UNOi, e ainda, recorrem a pesquisas na biblioteca do colégio, sala digital, além de artigos e teses de doutorado para traçar a argumentação da defesa. Um destaque são as matérias antigas de jornal ou entrevistas dos autores para diversas mídias que são apresentadas como argumento.

Simulado de júri de literatura propõe aos alunos do ensino médio do Certus exercitara argumentação, retórica e organização de ideias para desenvolver as habilidades de comunicação escrita e oral da língua portuguesa ao defender autores do Realismo-Naturalismo brasileiro ou português e da geração modernistaPara a professora Patrícia o projeto tem uma relevância maior do que a avaliação tradicional: “É mais do que uma prova em termos de conhecimento adquirido, pois os alunos podem se aprofundar nos conteúdos e a experiência, sem dúvida, fica marcada como um momento especial de aprendizagem”, conclui.
COMPARTILHE:  

Veja o álbum de fotos

Aprender a fazer - pilar da unesco vivenciado nas práticas pedagógicas do Certus

TAGs: #português #literatura #argumentaçãoeretórica #médio #aprenderafazer #nóssomosunesco #Nóssomosasas #Euvivocertus #Nóssomosassim #ColégioemInterlagos #EscolaemInterlagos #EscolanaCidadeDutra #ColégionaCidadeDutra

 

 

 

 

 

 

VEJA TAMBÉM no Youtube

EVENTO | CONFIRA A FESTA DA PRIMAVERA DO CERTUS

Aprender a fazer - pilar da unesco vivenciado nas práticas pedagógicas do Certus Aprender a transformar - pilar da unesco vivenciado nas práticas pedagógicas do Certus

Últimas

Semana do Dia das crianças no Certus anima alunos da Educação Infantil ao Ensino Integral com muita alegria no colégio e na área verde

COMEMORAR | DIA DAS CRIANÇAS

| 2017, Ed. Infantil, Eventos, Integral, Primeira Linha | No Comments

Integração e muita diversão animou a semana das crianças no Certus. Da Educação Infantil ao Integral, diversas atividades celebraram a data. Com foco no resgate da história da infância as…

Google Earth em conjunto com site do IBGE servem de ferramenta de estudo e alfabetização sobre regiões geográficas para alunos do Fundamental do colégio Certus

ALFABETIZAÇÃO | CONHECENDO AS REGIÕES BRASILEIRAS

| 2017, Fundamental, Primeira Linha | No Comments

Expandindo o estudo de cartografia, professor desmembra as regiões brasileiras usando ferramenta de geo-localização do Google, o Google Earth. Para aplicação dos estudos foi retomado o acesso ao site do…

Professora de Português desenvolve habilidades com foco na identificação de padrões com alunos do Fundamental do colégio Certus

HABILIDADES | JOGOS DE TABULEIRO PARA APRENDIZAGEM FUNDAMENTAL

| 2017, Fundamental | No Comments

Ainda, na aula de línguas cujo objetivo principal é a comunicação, em paralelo estabelece entre os indivíduos a estruturação do pensamento e visão de mundo, bem como ajuda a identificar…

Semana temática do Integral do Colégio Certus revisita o japão, os costumes e curiosidades da terra do sol nascente

CONHECER | SEMANA TEMÁTICA REVISITA COSTUMES ORIENTAIS

| 2017, Integral, Semana Temática | No Comments
Projeto anual do Integral cujo objetivo é apresentar regiões, países e culturas diversas leva as crianças as curiosidades do Japão. O roteiro da semana foi dividido entre culinária, cultura de...

 

José de Alencar

IRACEMA | ENCENADO ROMANCE DE JOSÉ DE ALENCAR

By | 2017, Balaio de Leitura, Médio | No Comments

Obra do autor inspira montagem cênica do 2º médio para alunos do Fundamental.

Alunos do 2º médio encenam Iracema de José de Alencar

Turma desenvolveu todos os critérios proposto pela professora Ingrid Cristina, como parte do trabalho de Produção de texto. O roteiro e a apresentação teve na adaptação uma linguagem atual com pitada de humor.

A atividade foi planejada como ação do projeto Balaio de Leitura de fomento e valorização da literatura. O livro Iracema de José de Alencar é o paradidático adotado no 1º trimestre para os 2ºs anos Médio, sendo a obra mais conhecida da literatura romântica nacionalista do escritor.

Para contar a história do casal Martim e Iracema os alunos fizeram a adaptação do romance para o Teatro e apresentaram para os 6°s e 7°s anos do Fundamental usando do tom cômico para traduzir o contexto da obra.

Saiba mais sobre a obra Iracema:

Fonte: Literatura fora da Escola

Saiba mais sobre José de Alencar:

Fonte: tvescola.mec.gov.br

Fonte: Literatura fora da Escola

TAGs: #Teatro #Literatura #Português #BalaiodeLeitura #FundamentalII #Nóssomosassim #Nóssomosasas #ColégioInterlagos #EscolaInterlagos #EscolaCidadeDutra #ColégioCidadeDutra

COMPARTILHE:  

Read More

Avós reunidas no prédio da Educação Infantil

AFETO | UM DIA NO COLÉGIO COM A VOVÓ

By | 2017, Balaio de Leitura, Ed. Infantil | No Comments

Aproveitando a leitura do paradidático A bisa fala cada coisa, as professoras do Pré propuseram um chá no colégio.

Avós reunidas para vivenciar um dia com os netos no Certus

Avós reunidas para vivenciar um dia com os netos

O encontro foi muito prazeroso.

Iniciado com um bate-papo, o roteiro teve visita aos espaços do Certus, rodas de conversa sobre o livro e troca de conhecimentos das frases citadas no livro.

Eu gostei do dia
porque 
foi muito legal
e teve bolo

Emily Salvino Deodato – Pré A1

As avós puderam ainda fazer atividades com as crianças, finalizando a visita com um delicioso chá.

Avó orienta neto do Pré da Educação Infantil Certus a fazer lição

As professoras Priscila Kellner, do Pré A1, Maria José dos Santos (Pré A2), Jacqueline Marinho (Pré B2), Ariane Rocha (Pré B1) e Ana Paula Bertolino (Pré B3) desenvolveram a ação como parte do trabalho de atividades realizadas com o paradidático, que faz parte do projeto Balaio de Leitura.

A ação antecedeu o evento Vivência Pedagógica 2017. Uma dia de literatura, com rodas de conversa, palestras e autógrafos com autores, intervenções artísticas, encenações teatrais e muitas experiências.

De Carmen Lúcia Campos, A bisa fala cada coisa retrata a história de uma garotinha que tenta compreender o significado das expressões ditas pela bisavó. Frases como batata da perna, céu da boca, dedo de prosa levam a criança imaginar inusitadas situações.

Durante a Vivência Pedagógica 2017, a autora contou na palestra como foi o processo de criação do livro.

Confira abaixo um trecho da palestra.

Carmen Lúcia Campos, autora do livro "A bisa fala cada coisa", paradidático dos Pré's, explica o processo de desenvolvimento da obra e a escolha das gírias na palestra da Vivência Pedagógica 2017.#VivênciaPedagógica2017 #NósSomosAsas #NósSomosAssim #EuVivoCertus #EscolasTransformadoras

Publicado por Colégio Certus em Sábado, 6 de maio de 2017

Confira como foi o evento da Vivência Pedagógica.

Veja mais fotos.

TAGs: #chádasvovós #EducaçãoInfantil #abisafalacadacoisa #carmenlúciacampos #VivênciaPedagógica #Nóssomosassim #Nóssomosasas #ColégioInterlagos #EscolaInterlagos #EscolaCidadeDutra #ColégioCidadeDutra

COMPARTILHE:  

Read More

Alunos declamam poesia no Hall da Biblioteca do Certus

RIMAS | ADOLESCÊNCIA EM POEMAS

By | 2017, Balaio de Leitura, Fundamental | No Comments

“Sementes de Sol”, obra de Carlos Queiroz Telles envolve turmas dos 8ºs anos na criação de poemas e apresentações com o tema adolescência.

Alunas fazem encenação com as rimas

Alunas fazem encenação com as rimas

Os alunos puderam expressar sentimentos e conflitos através da escrita de rimas e, ainda, conversaram de forma tranquila sobre o assunto.

O livro Sementes de Sol composto de 30 poemas, divididos em duas partes: diário e dúvidas e confissões, aborda essa fase de transformações e afirmação do ser humano. O paradidático pertence ao projeto do Certus Balaio de Leitura, sendo a obra trabalhada no primeiro semestre com a turma e pode despertar a sensibilidade em uma atividade criativa proposta pela professora de Gramática Ingrid Cristina, contando com envolvimento integral dos jovens. Divididos em formações de formas diversas (duplas, trios ou quartetos), os alunos apresentaram danças, encenações ou declamações em um sarau. 

Alunos apresentam rimas em sala de aula

Alunos apresentam rimas em sala de aula

Carlos Queiroz Telles

Carlos Queiroz Telles

Poeta e dramaturgo, Carlos Queiroz Telles era formado em Direito pela USP e foi um dos fundadores do Grupo de Teatro Oficina. Em vida, dedicou-se ao magistério, além de ser professor titular da Faculdade de Comunicação da FAAP, e criação de programas, sendo da TV Cultura de São Paulo.

Sementes de Sol fora publicado em 1953, com poemas curtos, retratando o mundo pela perspectiva do adolescente. O livro tem um estilo de narrativo no formato de diário poético em que Carlos fala com os jovens.

 

Saiba mais: Carlos Queiroz TellesSementes de SolBalaio de Leitura

Os poemas foram apresentados para todas as turmas na sala de aula

Os poemas foram apresentados para todas as turmas na sala de aula

Veja mais fotos

TAGs: #Sarau #Português #BalaiodeLeitura #FundamentalII #Nóssomosassim #Nóssomosasas #ColégioInterlagos #EscolaInterlagos #EscolaCidadeDutra #ColégioCidadeDutra

COMPARTILHE:  

Read More

Certus - ponto oficial do BookCrossing

BOOKCROSSING | UM ATO DE AMOR À LEITURA

By | 2017, Balaio de Leitura, BookCrossing | No Comments

Movimento de compartilhamento de livros chega ao Certus através do BookCrossing

BookCrossing Colégio Certus Interlagos Educação Inclusiva

Cabine de BookCrossing no Colégio Certus

Uma ação de educação inclusiva para a comunidade.

Colégio se torna ponto oficial na Cidade Dutra da comunidade de leitores sem limites geográficos que partilham o sentimento de amor à leitura.

A comunidade terá acesso aos livros através de uma cabine que ficará na entrada de alunos.

O ponto foi inaugurado com a presença de alunos que aproveitaram para conhecer algumas obras no espaço.

Aprender a conviver - pilar da Unesco vivenciado nas práticas pedagógicas do CertusO que é BookCrossing?

Criada em 2001 pelo programador Ron Hornbaker, é uma rede social presente em mais de 132 países. O Brasil participa da comunidade desde sua origem via internet. O intuito é partilhar com outros leitores o prazer de ler através do desapego. Algo como: “Ler, registrar e libertar”, ou “esqueça um livro“, para que outras pessoas vivenciem a leitura. 

Assista ao Balaio de Leitura Itinerante: Quem soltou o pum?, De: Blandina Franco e José Carlos Lollo, adaptação do grupo Tecer

A atividade é uma co-ação com o Balaio da Leitura Itinerante, projeto de autoria do Certus que busca a valorização ao ato de ler através da encenações teatrais.

Participe e divulgue. Quanto mais pessoas envolvidas, maior a força do projeto.

Saiba mais sobre o Bookcrossing.

COMPARTILHE:  

Aprender a conviver - pilar da Unesco vivenciado nas práticas pedagógicas do CertusTAG: #BookCrossing #Projetodoceshistórias #BalaiodeLeitura #Fundamental #ColégioInterlagos #EscolaInterlagos #EscolaCidadeDutra #ColégioCidadeDutra

Veja as fotos

COMPARTILHE:  
 
 
 
 
Read More

LITERAL | NOITE DE AUTÓGRAFOS

By | 2016, Balaio de Leitura, Fundamental | No Comments

Projeto Doces Histórias inspira novos escritores.

 

Cada aluno do 2º ano escreveu um livro recontando contos infantis.

A ação resultou no evento Noite de Autógrafos em que pais, familiares e amigos puderam pegar um autógrafo e fazer uma foto com o aluno-autor.

O projeto integra o Balaio de Leitura de incentivo a leitura e visa estimular as crianças a se tornarem jovens escritores.

TAG: #Projetodoceshistórias #BalaiodeLeitura #Fundamental

Veja o álbum de fotos

COMPARTILHE:  

 

Read More

RECONHECIMENTO | ALUNOS CONQUISTAM O PRÊMIO ESPANTAXIM 2016

By | 2016, Balaio de Leitura, Fundamental | No Comments

TAG: #Projetodoceshistórias #BalaiodeLeitura #Fundamental

COMPARTILHE:  

Concurso literário premia nove alunos do 4º ao 7º ano participantes do IV Concurso Nacional Literário Infantil – Prêmio Espantaxim 2016.

16concurso_literario_fundamental_certus_colegio_interlagos01

O objetivo de reforçar a importância da educação e de estimular jovens e crianças a praticar o hábito da leitura e da escrita é um estímulo para os jovens.

Nessa quarta edição, a competição contou com a participação de 3.400 textos entre mensagens, redações e poesias. O resultado envolveu 80 escolas de 10 Estados brasileiros. O tema proposto neste ano foi: Brasil, gigante pela própria natureza”.

Durante as aulas de Língua Portuguesa (Fundamental 1) e Técnica de Redação (Fundamental 2) foram trabalhadas as estruturas dos gêneros e considerações sobre o tema para o desenvolvimento dos trabalhos junto aos alunos. A intenção foi oferecer um suporte com algumas informações básicas sobre patriotismo, cultura, fauna e flora brasileira para despertar a atenção para o texto e provocar uma discussão saudável, afirma a Professora Patrícia Salgado responsável pelo Projeto Balaio da Leitura.

O concurso considerou a soma das notas estabelecidas pela Comissão Julgadora nas categorias: redação, mensagem e poesia – definidas para 2016, para quem se destacou nos requisitos criatividade, originalidade e carta.

Os premiados terão a oportunidade de ver sua obra publicada, juntamente com a de outros autores, na IV Antologia, um livro que reúne todos os textos manuscritos originais e devidamente digitados e revisados de acordo com a nova ortografia da língua portuguesa. A antologia será prefaciada por Viviane Senna, presidente do Instituto Ayrton Senna, que atua no desenvolvimento pela melhoria da qualidade da educação de crianças e jovens no país.
Conheça as categorias e os vencedores do nosso colégio:

Vencedores Prêmio Espantaxim 2016
Destaque em carta
6º A1 – Agatha Beatriz Nunes de Melo

Selecionados
Categoria Mensagem (11 – 12 anos)
7º B1- Maria Eduarda Pires da Silva

Categoria Redação (11 – 12 Anos)
7ºA2 – Gabriel Kellner Caldeira
6º A1- Jorge Henrique D. Santana
7ºA1 – Maria Clara Almeida S. Santos

Categoria Poesia (11 – 12 Anos)
7ºB1 – Erick Lins
7ºB1 – Gabrielle Victoria Rodrigues de Melo
7ºB1 – Lays Silva Fabri
6ºA2 – Maria Luiza Fonseca

 

De acordo com o regulamento do Concurso, as escolas que obtiveram um maior número de textos de alunos selecionados para compor a antologia também serão premiadas. O Colégio Certus será homenageado no dia da cerimônia de entrega. A data e o local da premiação ainda não foram divulgados pela Comissão Julgadora do Concurso.

Compartilhe

Read More

Os fantasmas assombram a família Deets

RELEITURA | OS FANTASMAS SE DIVERTEM

By | 2016, Balaio de Leitura, Ed. Infantil, Fundamental, TECER | No Comments

Balaio de Leitura Itinerante apresentou Os Fantasmas se divertem.

Besouro Suco

Besouro Suco (Victor Freitas aluno do 2º A1 Médio). 

Encenação baseada no filme de 1988 de Tim Burton ocorreu durante a semana do Halloween.

As turmas da Educação Infantil ao Fundamental se assustaram, riram e brincaram com as atrapalhadas dos recém-falecidos Bárbara Maitland e Adam Maitland.

Giovanna Dalo como Bárbara e Gustavo Oliveira como Adam na montagem de releitura de Os fantasmas de divertem, de Tim Burton feita pelo grupo Balaio de Leitura Itinerante no Certus

O casal precisa aprender a ser fantasma para assustar os novos moradores da casa – os yuppies Deets. Para isso, contam com a ajuda do bio-exorcista Besouro Suco, mestre no susto e na bagunça. Sucesso no final dos anos 80, a obra projetou o diretor Tim Burton e foi importante para a carreira do elenco, que contava com Michael Keaton como Besouro Suco, Alec Baldwin (Adam Maitland), Geena Davis (Barbara Maitland), Winona Ryder (Lydia Deetz), entre outros.

Adam e Bárbara vestidos de fantasmas

O Balaio de Leitura Itinerante é um projeto parceria entre o Grupo Tecer e o Balaio de Leitura, com adaptações e encenações das obras paradidáticas que fazem parte do conteúdo literário dos alunos. A história não é contada por completo, somente um trecho do livro escolhido, servindo de gancho para os atores darem o recado aos alunos: “Se você quer saber como acaba essa história, leia…”.

No Halloween, o grupo Tecer faz adaptações de filmes para ampliar o repertório dos alunos, apresentando os roteiros de películas como outra possibilidade de leitura.

Citação Balaio de Leitura Itinerante Halloween Os fantasmas se divertem de Tim BurtonCompartilhe

Cenas da encenação de Os fantasmas se divertem, adaptação do filme de Tim Burton pelo Grupo Tecer feito no Balaio de Leitura Itinerante no Certus

Compartilhe

Na encenação o elenco foi formado por Victor Freitas como Besouro Suco, Gustavo Oliveira (Adam Maitland), Giovanna Dalo (Barbara Maitland), Flávia Dias (Lydia Deetz), Matheus Verna (Charles Deetz), Andressa Gomes (Delia Deetz) e Vinicius Cardoso Pena (Otho Fenlock), com supervisão e direção geral de Marcio David.

O filme Os fantasmas se divertem completou 25 em 2013 (saiba mais aqui) e terá uma sequência confirmada pelo diretor com o elenco original. Tim Burton foi tema de uma exposição no MIS entre fevereiro e junho de 2016.

Bárbara e Adam personagens de Os fantasmas se divertem de Tim Burton, na encenação do Balaio de Leitura Itinerante do Certus

Veja o álbum de fotos
Compartilhe

 

TAGS: #BalaiodeLeitura #Infantil #Fundamental #Halloween #Folclore #Eventos #Tecer

Saiba mais sobre o Balaio de Leitura Itinerante.
Assista a encenação de O menino que sabia colecionar, de Edison Veiga.

Compartilhe

Read More

Elenco em pose

O CORTIÇO | BALAIO DE LEITURA ITINERANTE APRESENTA OBRA DE ALUÍSIO AZEVEDO

By | 2016, Balaio de Leitura, Fundamental, Médio | No Comments

O apetite à leitura vem da curiosidade e é esta a proposta do Balaio de Leitura Itinerante.

dscn6416

Cenografia da encenação O Cortiço

Uma ideia. Um encontro… Pronto. O despertar acontece e dá-se o prazer!

ÀS VEZES AS PESSOAS ME PERGUNTAM O QUE FAZER PARA ADQUIRIR O HÁBITO DA LEITURA. EU DIGO NADA, PORQUE HÁBITO TEM A VER COM ESCOVAR DENTE, CORTAR UNHA, TOMAR BANHO. É ALGO QUE VOCÊ FAZ MECANICAMENTE. É PRECISO, NO ENTANTO, DESENVOLVER O PRAZER DA LEITURA

Rubem Alves

Balaio de Leitura apresentou O Cortiço de Aluisio de Azevedo, no Certus

O grupo TECER encenou um trecho de O Cortiço, de Aluísio de Azevedo, como uma estratégia inovadora afim de despertar a curiosidade dos alunos do Médio pois a obra faz parte da lista de livros para o ENEM e principais vestibulares do país.

A montagem teve adaptação e direção da aluna Giovanna Dalo, do 2º A2 Médio, responsável pelo Balaio de Leitura Itinerante, com Supervisão de Criação e Direção Geral do professor de Teatro Márcio David.

Na encenação o grupo contextualizou a obra ao final com um canto da música Carnavália, dos Tribalistas.

Balaio de Leitura apresentou O Cortiço de Aluisio de Azevedo, no CertusBalaio de Leitura apresentou O Cortiço de Aluisio de Azevedo, no Certus
Como diria Rubens Alves: “Às vezes as pessoas me perguntam o que fazer para adquirir o hábito da leitura. Eu digo nada, porque hábito tem a ver com escovar dente, cortar unha, tomar banho. É algo que você faz mecanicamente. É preciso, no entanto, desenvolver o prazer da leitura”.

Ficha Técnica:
Elenco: Giovanna Dalo (Rita Baiana), Gustavo Oliveira (Jerônimo), Guilherme Quadros (Firmo), Isabelle Milberg (Leocádia), Júlia Rocha (Velho Libório) e Victor Freitas (Porfiro). 
Adaptação e Direção: Giovanna Dalo
Direção Geral e Supervisão de Criação: Márcio David

Veja mais fotos

TAG: #Tecer #BalaiodeLeitura #Fundamental #Médio #Eventos

COMPARTILHE:  

 Saiba mais sobre O cortiço:

Fonte: Literatura fora da Escola

Read More